A bruxa e a santinha

Coisa típica entre mulheres...
EU sou sempre uma santa e VOCÊ sempre uma bruxa.
Fernanda e Andressa em seus respectivos personagens. Não confundam personagem com pessoa.
Estamos cercados de relações assim. Talvez até vivamos relações assim...
Qual relação ?
O jogo verdadeiro:
- eu sou a vítima
- ele(a)s me perseguem
- vc é meu salvador(a) ...
...ou pelo menos DEVERIA ser
- se for, te amo, amiga(o)
- se não for, foda-se, a fila anda...
- culpo vc
- vc fica com raiva e em vez de me salvar , me phode...

Este tipo de relação, há no mínimo 3 pessoas.
A saber:
1- a Vítima
2- A(O) Algoz
3- A(o)s Salvadores
Isso soma-se à falta de atitude. Falar,falar,falar,tanto,tanto,tanto, PRA QUE ?
Para não fazer nada do que fala ?
Detesto pessoas que em seu estado natura-normal falam e não agem de acordo...
É um assalto à mão armada à minha inteligência e à minha coragem inteligente...

Cada uma das duas se alterna nos lugares de algoz,vítima e salvador(a)
Elas se merecem...
Mas eu não gosto do estilo vitimosa, acusadora, chantagista emocional, a mártir de nome Fernanda.
Ela na minha mão,tadinha....

Cada uma das duas tem as virtudes e defeitos uma da outra...só não podem admitir "aquilo" em si.
É melhor ver nela(nele,neles)
Cada uma tenta ser "perfeita" a seu jeito.
Como ninguém é perfeito, ficam se fingindo pra si mesmas (eu sei que é redundância,ok?) e para os outros.

Então a cada tiro elas dizem antes, durante e no final: "amiga"
Isso suaviza a porrada que vai se dar (se dita no início da frase), no desenrolar do papo (como para acalmar o cão interno do outro e o nosso próprio) e dito no final é igual a "Falou brô ?" e igual a
"Vamos parar por aqui?"
 

Todos os Desejos do Mundo Copyright © 2013| por layla