Fani Lider todo mundo já sabe...

Mas do bbb 13 , hoje, só quero postar que fiquei surpresa como certas pessoas embarangam com o tempo...
Paulo Ricardo - até a voz embarangou...perdeu alcance de agudos, inchado...prefiro não elocubrar...
Fani - embarangou...e ,com certeza, sobre esta mesmo é que não vou elocubrar...

Mas eu precisava dar umas risadas e fui buscar no facebook, num grupo fechado que faço parte.É um bando de coroas a idosas, divertidíssimas, superacolhedoras,amigas de viajar de S.P ao Rio e vice versa, para rir, beber, cair e levantar. Mas no sentido mais amplo do mundo...
Umas bebem as palavras das outras em certas horas, riem pra caramba, bebem umas e outras qdo dá vontade (e ninguém tem vontade ,todos os dias) e fazem amigo secreto todo fim de ano. Caem sob o peso das coisas da vida, que parece que teimam em acontecer todas juntas...E fazem Rio/S.P e vice versa, para ajudar a levantar...

Enfim, fui lá querendo ver e saber e dizer coisas pra elas e encontro isto:
Um contribuinte, teve sua declaração rejeitada pela Receita Federal porque, aparentemente, respondeu a uma das questões incorretamente.
Em resposta à pergunta “Você tem dependentes?” o homem escreveu:
“40.000 imigrantes ilegais, 10.000 viciados, 150.000 servidores públicos, 150.000 criminosos em nossas prisões, além de uma porrada de políticos em Brasília e nos municípios.
A Receita afirmou que o preenchimento que ele deu foi inaceitável.
A resposta do homem à Receita foi:
- De quem foi que eu me esqueci?
 
NONNO foi hospitalizado e os filhos, netos e bisnetos vieram de
todos os cantos da colônia italiana no Rio Grande do Sul.

Os médicos deixaram que os parentes levassem-no para a sua casa, para
cumprir seu último desejo: O de morrer em casa, ao lado de seus queridos.

Foi para o quarto e as visitas foram se revezando para tentar consolar
e dar conforto ao NONNO em seu derradeiro momento.

De repente o NONNO sentiu um aroma maravilhoso que vinha da cozinha

Era a NONNA tirando do forno uma fornada de cuca.

Os olhos do NONNO brilharam e ele se reanimou.

Então, o NONNO pediu ao bisneto que estava ao lado da cama dele:
'Piccolo mio, vai na cojina e pede um pedaxo de cuca pra NONNA.'

O guri foi e voltou muito rápido...

'E a cuca?' - perguntou o NONNO.

'A NONNA disse que nó !'

'Ma per que nó, porca miséria, ma que vecchia desgraciata! Que qüesta putana falô?'

"A NONNA disse... que as cuca ... é pro velório."
 
 

Todos os Desejos do Mundo Copyright © 2013| por layla