Banco do Brasil , Embratel te causando constrangimentos




O dia das mães vem chegando...
E as mulheres estão correndo um risco enorme , se ficarem caladas, porque os homens, hoje em dia, estão QUASE isentos nas responsabilidades perante seus filhos.
E porque não chiamos, o Estado cada dia mais se mete em searas de IDENTIDADE e FAMÍLIA que NÃO lhe cabe nem diz respeito.
Senão vejamos:
Embratel- qdo vc se cadastra para ter um telefone ela SÓ quer saber do NOME DA MÃE.
O pai ? O pai não interessa nem é necessário

Cartão do Banco do Brasil- vc liga para pedir uma informação sobre seu cartão.
Vc tem que dar o nº do cartão- vc dá
Vc tem que dar o nº do seu CPF - vc dá
Vc dá endereço, CEP, telefones, data de nascimento
Aí perguntam : O nome de sua mãe para completar sua identificação ?
Eu, gata escaldada, falo o nome do meu pai primeiro para ver a reação e até pq na carteira de identidade é assim.
E escuto o Banco do Brasil me dizer, em resumo, que interessa APENAS o nome da mãe.
E resolvo não dar, a menos que eu dê os nomes dos dois - mãe E pai.
Como está na identidade, no título de eleitor etc.

Aí vêm com uma desculpa esfarrapada de que "as pessoas que não sabem o nome do pai, se sentem constrangidas se eles perguntarem. E mãe todo mundo tem."
Eu me sinto constrangida quando não querem nem saber o nome do meu pai.
Em termos de constrangimento NIVELARAM por baixo.
Em vez de pedirem FILIAÇÃO dando liberdade de dizer o nome que quiser (mãe, pai ou um ou outro) para que ninguém se constranja, NÃO- eles pedem o que descrevi  acima.
E MAIS...
SE EU NÃO ACEITAR ESTA IMPOSIÇÃO ARBITRÁRIA sem BASE LEGAL, NÃO ME DÃO A INFORMAÇÃO que necessito e tenho DIREITO a ter.

Alôoo...Algum advogado lendo isto ???
 
Aí falo com a gerente do Banco do Brasil e ela vem com a arengação de que a pessoa só nasce pq uma mãe pariu !!!!
RODEI a baiana.
Como assim? Para qualquer pessoa nascer, não nasceu pq foi parida. Nasceu pq foi GERADA  e geneticamente e biologicamente, ela (mãe) tem que ter sido fecundada por um homem.Se só bastasse o nome da mãe (como identidade) estaríamos concordando que mulheres são capazes de "geração espontânea" e que o homens não são necessários !!!!

Sei da dor e dos traumas de quem não sabe quem é o pai ou de um pai que não assume suas responsabilidades  de homem e de pai. Lamentável
Mas é lamentável TAMBÉM, que "matem" o pai que te fez, te assumiu, te criou, criou bem, protegeu, deu condições de sobrevivência, estudos, saúde, e até sacrificando seus sonhos pessoais e sua própria saude.

NÃO ACEITO !!!
E as mulheres que aceitarem isto, estão assinando embaixo do:
"Só a mãe é importante, então liberamos todos os homens de suas responsabilidades, inclusive aqueles que QUEREM e ASSUMEM a própria paternidade"

Do jeito que o Banco do Brasil faz, ele te tira:
- teus DIREITOS de ser filha de quem é
- lhe tira o direito à informação de sua conta à qual vc tem DIREITO E 
- lhe dificulta a vida.
Eu tenho uma homônima, que também mora no mesmo bairro que eu.
Se fizerem esta exigência para meu filho, o meu nome o identifica ?
NÃO.
Mas o nome da mãe junto com o nome do pai, o identifica.
Eu não quero e não aceito que mulheres que foram responsáveis, que por razão nenhuma teriam filhos de modo irresponsável, sejam oneradas por aquelas que tiveram filhos por aí no mundo sem cuidar do que aconteceria com eles.
Eu não fui feita em uma bebedeira, nem na zona de prostituição e minha mãe não foi enganada e largada por nenhum homem.
E os filhos gerados, não importa de que forma, sejam CONSTRANGIDOS por isto e nem tenham seus DIREITOS confiscados.
Acho que é MAIS que hora das mulheres saberem para quem dão, se usam ou não preservativos,se podem ter certeza que escolheram homens responsáveis, com quem querem ter seus filhos.
Pq no fim da história, ou os filhos sofrem por não saberem quem é seu pai, ou sofrem porque querem "matar" o pai que tiveram ou têm.
E me espanta que os homens estejam aceitando que o nome deles não serve para nada nesta vida.

E se vivêssemos numa democracia, de verdade e humanizada, bastava perguntar : - FILIAÇÃO ?
As pessoas dariam só o nome da mãe se não tivesse pai, ou dariam os nomes dos dois se os tivessem.
NINGUÉM sairia constrangido nesta história. NINGUÉM seria impedido do direito sobre a informação de sua própria conta bancária e etc...

Embratel - empresa do Estado
Banco do Brasil -  empresa do Estado
Kit gay nas escolas sem levantamento da opinião dos pais - MEC que é do Estado

Chega !!!!
E o silêncio "dela" é APAVORANTE...
Enquanto ela se cala, na calada da noite, os atos vão tomando forma e sendo exercidos "como se fosse lei", a inflação vai subindo, e ela calando inclusive  sobre seus atos em relação ao direito e ao futuro de todos nós.
E os seus direitos, de vc que me lê, Ó !!!! - seus direitos vão indo para as cucuias...

E vc e eu, só tomando... cheios de deveres e sem direitos
 

Todos os Desejos do Mundo Copyright © 2013| por layla